Sei que estou um pouco atrasada em relação ao filme "A Culpa é das estrelas", é que só fui assistir ele  só agora (desculpa). ...

Resenha: A culpa é das estrelas (Filme)

7 Comments

Sei que estou um pouco atrasada em relação ao filme "A Culpa é das estrelas", é que só fui assistir ele  só agora (desculpa). Eu estava com medo do filme me decepcionar, ja que o livro é tão perfeito.
Eu só vejo um filme depois que leio o livro, mania minha, então ja digo que amei de cara os dois tanto o livro quanto o filme, e chorei mais vendo as cenas do que lêndo.

A Culpa é das Estrelas

Lançamento

 (2h5min
Dirigido porJosh Boone
ComShailene Woodley, Ansel Elgort, Nat Wolff
GêneroRomance , Drama
NacionalidadeEUA





O filme como todos ja sabem, foi baseado no livro de John Green "A culpa é das estrelas" o titulo original é "The fault in our stars" e sobre o titulo que fiquei por horas tentando entender é que é uma variação de uma citação da peça Julio Cesar (ato I, cena II), de William Shakespeare: "The fault, dear Brutus, is not in our stars, but in ourselves...", que em tradução livre significa "A culpa, querido Brutus, não está nas nossas estrelas, mas em nós mesmos..." incrivel.




Hazel é uma jovem de 16 anos que sofre de câncer na tireóide e, graças a uma droga nova, está estabilizada. Sua mãe insiste que a filha vá a uma reunião de um grupo de apoio de jovens com câncer. Lá ela conhece Augustus – ou Gus, um jovem jogador de basquete que perdeu uma perna para o osteosarcoma. Hazel é contagiada por Augustus, que vê o mundo e as coisas ao redor dela de maneira super otimista.


Durante largos minutos do filme, eu não imaginei que fosse mesmo chorar como todos diziam. Existe varias cenas engraçadas espalhadas pelo filme que equilibrou o factor que induz lágrimas, mais quando aquela cena de Amsterdã aconteceu (a da imagem ↑) juro que não me aguentei, chorei como se fosse eu no lugar dela, e parecia uma torneira. Jura que não digo isso muito mais esse filme pra mim foi melhor que o livro (me desculpem porque sei que alguns vão dizer " mais o filme é melhor porque é mais completo", CLARO QUE É MAIS COMPLETO, só que eu gostei mais do FILME), e fiquei imaginando, como será que foi no cinema, aquele tanto de gente chorando, sera que deram lencinhos na entrada? 
E o que foi aquela aparição do nosso João Verde no aeroporto? Eu saltei do sofá quando o vi no cantinho da tela. 


Considero esse filme como uma lição, perdi algumas pessoas pro câncer e eu sei como é sentir dor mesmo sabendo que tudo ia acontecer de qualquer forma. Cada cena passa o que realmente cada personagem esta sentindo, mostra um pouco de como pessoas com esse problema de saude se sente. O filme retrata como é a vida de uma pessoa com câncer e o pior fala de crianças com cancer.

Mesmo que tenha perdido alguem que daria minha vida para salvar, ainda guardo o meu 10.

Pretendo trazer pra vocês logo logo a resenha de alguns livros de John Green, porque ele é extremamente de mais. O Admiro desde o primeiro livro que li "A cidade de papel" e agora o "A Culpa é das estrelas" me conquistou mais ainda. 



Post que você também pode gostar: